quarta-feira, 7 de abril de 2010

Acalma


Te acalma coração, que pressa é essa?
Parece menino que nunca viu o mar e quer logo correr pra água. Quer saber mesmo se é salgada.
Parece sertão em dia de chuva, correndo depressa lá pra fora levando cumbuca, fazendo da chuva, lágrima e da lágrima fazendo chuva!
Parece criança em dia de festa, ali de beirada na mesa, entre doces e refrigerantes, querendo por querer ajudar no sopro do aniversariante.
Parece ansiedade de esperar o bloco começar a desfilar, de esperar o time ganhar, de esperar pra ganhar um novo coração.
Acalma-te, deixe estar...
Deixe estar coração, deixe o ritmo mais lento, deixa ser samba!
Isso! Samba daqueles que começa em tom menor e vai em cadência.
Sem pressa nos acordes, meio preguiçoso de acordar.
É só deixar a porta aberta e não ficar olhando pro relógio mas esperar a hora chegar.

2 comentários:

  1. Robs..vc cada vez melhor!!!..se é que isto é póssivel..srsr
    Parabéns...simplesmente maravilhoso!!!

    ResponderExcluir